ultima-pag2.png

História de um Feijãozinho

Livro infantil nunca publicado

I was very glad to illustrate The story of Beanie, which I had read as a kid illustrated by the author. It's a story about Beanie's acceptance, both by himself and others. He was born a white bean and became brown as he grew up. 

Foi uma grande alegria ilustrar esse livro que li na infância, em uma edição ilustrada pela autora. A história conta a aceitação de Feijãozinho, por si próprio e pelos outros. Ele nasceu um feijão branco e começou a se tornar mulatinho. 

 

a story about belonging

Beanie's family are all brown beans, but they don't care whether he was born a white bean, even though other animals in the forest ask away about it; his family just loves him. The main conflict Beanie goes through is about being accepted by his peers and by himself.

A família de Feijãozinho, todos feijões mulatinhos, não se importam que ele tenha nascido branquinho, embora os outros animais da floresta se perguntem sobre sua cor. A aceitação da sociedade e de si próprio é o principal conflito pelo qual Feijãozinho passa ao crescer.

 

plain but rich style

I used a lot of simple shapes to keep illustrations readable but poured a lot of texture on illustrations. This made them easy to understand but still allowed the reader to explore details on textures through huge color variations.

A narrativa é reforçada pela pelas cores, texturas e, sobretudo composição, recursos gráficos escolhidos para ser dominantes nas formas simples dos personagens e cenários. Isso fez com que eu usasse variações de uma mesma composição.

 

COMPOSITION AS KEY ELEMENt

Since shapes were quite simple, I used composition as the main element for rhythm – because it resembled other illustrations – and strong saturated colors to setup the mood and depict narrative movement. 

Uma vez que as formas eram bem simples, usei a composição como o principal elemento para dar ritmo e as cores para mostrar a mudança narrativa. As cores fortes serviram para controlar a ambientação das ilustrações enquanto a composição criava ritmo e remetia as páginas-duplas umas às outras.

 

character design

feijaozinho-10-01.png
feijaozinho-sketches.png

The outline was the main concern here, since we had to keep illustration plain. The greatest challenge was to use Beanies body language – since he appears in almost every illustration – without losing his outline.

A criação de personagens foi centrada nas silhuetas, já que a ideia era manter as ilustrações planificadas. Um dos desafios foi conseguir mudar a linguagem corporal do Feijãozinho, que aparece em quase todas as ilustrações, sem perder a sua silhueta.

 

the book as object

Sometimes, the best illustrations might take advantage on the book's physical dimensions instead of its surface. The illustration on the left uses the unprinted white of the page to make Beanie almost disappear, because he had poured flour on himself to become white. Right, the rain falls and washes it away, when he cries and runs away into the woods.

Às vezes, a melhor ilustração pode priorizar o livro em sua materialidade em vez de aproveitar sua superfície para pintar. A ilustração à esquerda aproveita o próprio branco da página para "desaparecer" Feijãozinho, que se banhou em farinha para voltar a ficar branco. À direita, quando a chuva cai e a farinha é lavada, ele se desespera e corre.

 
feijaozinho-final.png

accepting the other

When Beanie is lost in the woods, his friends regret mocking him and apologize with a great surprise party. They have learned to accept his friend as he is and Beanie now knows that pretending to be someone else isn't worth it and accepts himself.

Quando Feijãozinho se perde, seus amigos se arrependem de zombar com ele e pedem desculpas com uma grande festa surpresa. Eles aprenderam a aceitar seu amigo como ele é, e Feijãozinho agora sabe que fingir ser outra pessoa não compensa e também se aceita.

 
 
feijaozinho-ultima-pag3.png