rosinha-thumb.png

Rosinha e a fitinha vermelha

rosinha-capa.png

Rosinha and the red ribbon is the story of a girl and her friends that no one else could see. I depicted the red ribbon as leading the narrative throughout all illustrations.

Essa é a história de Rosinha e os amigos que ninguém mais conseguia ver. As ilustrações utilizam a fitinha vermelha – característica marcante na vida da personagem – como fio condutor da narrativa. 

 

style

This story is deeply emotional and deals with spirituality and memories, so I wanted to give illustrations a dream-like feeling. I used rough brushstrokes – even with digital brushes! – to make it more expressive and free.

Decidi usar esse tipo de pincelada digital expressiva em todo o livro porque a história trata de espiritualidade e memória, e é bem emocionante. Tudo isso me remeteu a uma atmosfera de sonho, que poderia ser incorporada na liberdade e leveza do pincel (mesmo que digital), integrando o conceito do livro.

 

the red ribbon

The ribbon might have various meanings for each reader, but I felt that it should have considerable importance in illustrations. Throughout the whole book, it always guides the story – even if through some other element.

A fitinha pode ter vários significados para cada leitor, mas sem dúvida ela deveria ter importância na narrativa. Em todas as ilustrações, ela sempre aparece guiando a história – mesmo sendo outro elemento que remeta a ela.

 

lessons about life

rosinha-morte.png

One of the main lessons taught by Rosinha's friends is that life is much like a cocoon: when it ends, a beautiful butterfly shall be freed from the body we see and touch. To talk about death in a picturebook is a very delicate matter, so illustration had to have the right mood for contemplation.

Uma das principais coisas que os amigos de Rosinha lhe ensinam é que a vida aqui é apenas o casulo para uma borboleta que vai se libertar. Tratar da morte em um livro infantil é muito delicado, então as ilustrações precisavam ter o tom certo para contemplação.

 

CHARACTER DESIGN

Rosinha's friends were to be blue, to make a reference to the legends of will-o'-the-wisp, but I figured yellow was a warmer option. I also always saw them as talking in silence, so the "fire" in their head would become a great way to express their emotions, as well as big eyes.

Os amigos de Rosinha seriam azuis, para remeter às lendas de will-'o-the-wisp, mas decidi pelo amarelo para ter mais calor. Sempre imaginei que eles se comunicariam em silêncio, então o "foguinho" da cabeça deles seria uma ótima ferramenta pra ajudar a mostrar as emoções, alémn dos olhos grandes.

I always like to see how characters grow up within a story, and this happens to Rosinha, which was a great experience to work on. Some of these sketches were plain discarded, while others were finished – may be as illustrations or just as studies.

A história de Rosinha perpassa a sua vida toda e gosto quando os personagens envelhecem ao longo de uma história. Alguns desses esboços foram plenamente descartados, enquanto outros foram finalizados – ou como ilustração ou como estudos.

 

expanding the story

The book isn't over when it's closed, but starts existing inside each reader's mind. That's why I like to expand the story with what's beyond the main narrative, what's called paratext. Just like in movies credits, they can tell more stories; Pixar's Wall-e is a great example! This illustration shows the same scene from the story through Rosinha's eyes: she was never actually alone!

O livro não acaba quando se fecha, mas ele começa a existir na memória de cada leitor. Por isso, sempre gosto de fazer "histórias extras" com o que fica para além do miolo da história, o paratexto. Como nas cenas de crédito nos filmes, eles podem contar mais histórias; Wall-e é um ótimo exemplo disso! Essa ilustração mostra a mesma cena do miolo, mas através dos olhos de Rosinha, mostrando que ela nunca estava só.